Homa lança resultado da primeira parte da pesquisa sobre Planos Nacionais de Ação sobre Empresas e Direitos Humanos

Iniciada em setembro de 2015, as investigações para elaboração de uma pesquisa sobre os Planos Nacionais de Ação sobre Empresas e Direitos Humanos foram motivadas pela percepção da necessidade de um acompanhamento acadêmico crítico do processo de elaboração do Plano Nacional de Ação pelo Brasil, ainda em sua fase inicial, buscando contribuir com os atores envolvidos nesse processo, por isso chamando-se “Planos Nacionais de Ação Sobre Direitos Humanos e Empresas: Contribuições para a Realidade Brasileira”.

Inserindo-se na perspectiva teórica do Homa, optou-se por inserir “Direitos Humanos” à frente de “Empresas” no título da série de trabalho por acreditar-se que estes planos devem se desenvolver conferindo prioridade à dimensão dos direitos, e não às demandas do mercado e das empresas. Segundo essa mesma perspectiva, compreende-se que a “teoria é sempre para alguém e com um propósito específico” devendo, portanto, ser encarada também pela ideologia que carrega em si. Dessa forma, busca-se realizar uma pesquisa de cunho crítico, a fim de desenvolver uma análise sobre a prática social com potencial para contribuir para a transformação da realidade.

Essa primeira parte tem como título “Perspectivas Gerais sobre os Planos Nacionais de Ação sobre Empresas e Direitos Humanos”, e objetiva trazer abordagens gerais sobre os Planos Nacionais já existentes e lançados, apontando problemas e perfazendo críticas orientadas para a construção de um instrumento mais objetivo e capaz de produzir resultados concretos, mensuráveis e avaliáveis, envolvendo a sociedade civil, movimentos sociais e vítimas de violações de Direitos Humanos.

O conteúdo completo do trabalho pode ser encontrado nos link a seguir, em Português, Espanhol e Inglês:

0 replies

Leave a Reply

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.