Grupos de Trabalho – Diálogos Sobre Direitos Humanos: Direitos Humanos, Direito Internacional e Integração

GRUPOS DE TRABALHO

 

  1. DIREITOS HUMANOS EM SUAS MÚLTIPLAS DIMENSÕES – Prof. Dra. Manoela Carneiro Roland e Mestrando Felipe Fayer Mansoldo.

 

– A INCAPACITAÇÃO SELETIVA PELA SUBSUNÇÃO DO INDIVÍDUO AO GRUPO E O CASO DO ESTADO DA VIRGÍNIA

 

– DIREITOS HUMANOS E PROGRAMAS POLÍTICOS: UMA ANÁLISE POSSÍVEL.

 

O DIREITO DE MORRER DIGNAMENTE SOBRE O PRISMA DOS DIREITOS HUMANOS

 

DIRIGISMO CRIMINAL – O DIREITO PENAL DAS PREDIÇÕES MATEMÁTICAS

 

COSMOPOLITISMO LGBTTI: DESAFIOS E PERSPECTIVAS

 

– A CIDADANIA FISCAL PLÚRIMA

 

A DESVINCULAÇÃO ENTRE OS ÍNDICES DE INOVAÇÃO FARMACÊUTICA E AS NECESSIDADES DE SAÚDE PÚBLICA

 

RESPONSABILIDADE PENAL DAS PESSOAS COLETIVAS NOS CRIMES DE ORGANIZAÇÕES CRIMINOSAS: CASO DE MOÇAMBIQUE

 

CONSIDERAÇÕES SOBRE O CASO ZARA DO BRASIL E A POSSÍVEL INADEQUAÇÃO DO COMPROMISSO DE AJUSTAMENTO DE CONDUTA COMO RESPOSTA EFICAZ ÀS VIOLAÇÕES DE DIREITOS HUMANOS

 

  1. DIREITOS HUMANOS E EMPRESAS, DIREITO INTERNACIONAL DOS DIREITOS HUMANOS E INTEGRAÇÃO – Prof. Ms. Alexandre Sampaio e Prof. Msa. Paola Durso Angelucci.

– CONFLITOS E INTERRELAÇÕES ENTRE DIREITOS HUMANOS, DIREITO INTERNACIONAL PÚBLICO E DIREITO INTERNO NO MERCOSUL 

 

– ESTUDO SOBRE A LEGITIMIDADE PARA AÇÕES COLETIVAS NO CASO DE MARIANA

 

– O ESTUDO PRÉVIO DE IMPACTO SOCIAL E AMBIENTAL Á LUZ DA CORTE INTERAMERICANA DE DIREITOS HUMANOS: REQUISITOS E LIMITAÇÕES

 

EMPRESAS TRANSNACIONAIS E VIOLAÇÕES DOS DIREITOS HUMANOS: PIERCING THE JURISDICTIONAL VEIL

 

DIREITO INTERNACIONAL DOS REFUGIADOS E CRISE HUMANITÁRIA CONTEMPORÂNEA SOB A ÓTICA DO CONFLITO SÍRIO

 

– MECANISMOS JURISDICIONAIS DOS PROCESSOS DE INTEGRAÇÃO REGIONAL: BREVE ANÁLISE DO MERCOSUL E UNIÃO EUROPEIA

 

– A VIOLAÇÃO DE DIREITOS HUMANOS PELAS MISSÕES DE PAZ DA ONU: O CASO HAITI

 

– A COEXISTÊNCIA DA SUPRANACIONALIDADE E INTERGOVERNABILIDADE NA UNIÃO EUROPEIA, DESAFIOS PARA A INTEGRAÇÃO

0 respostas

Deixe uma resposta

Quer participar da discussão?
Fique a vontade para contribuir!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *